Blog da Marsha

Dia a dia, experiências e aprendizado de Marsha Hanzi

A Sombra como Produto Agrícola

Tem uma temperatura limite à vida: 35°C.  Acima desta temperatura os animais não engordam mais, as vacas diminuem muito a produção de leite, as galinhas param de por ovos, as plantas param de crescer, a vida no solo começa  a morrer e nos humanos ficamos sofridos, incapazes da agir!

Hoje (janeiro – no auge da época quente e seca aqui) medi a diferença entre a sombra e o sol. Sempre afirmamos que a diferença é por volta de 8 graus, que já é muito grande: se lá fora faz 40°C insuportáveis, na sombra é um “confortável”  32°C. Mas hoje levei um grande choque: na sombra fazia 32°C, mas no sol 54°C! Talvez mais, porque meu termómetro não vai além disso.

É comum vermos gado desesperado amontoado em baixo de árvores ralas, tentando sobreviver às horas quentes do dia. Gastam muita energia para tentar resfriar o corpo, emagrecendo como resultado.

Ao mesmo tempo, vejo agricultores cortando árvores frondosas no meio dos pastos porque “não produzem nada”. Eles precisam se dar conta que aquela sombra reverte em quilos de carne, litros de leite, um solo fresco e protegido, capim verde mesmo na época seca. A sombra vale dinheiro - além de acabar com a crueldade de expor os animais ao sofrimento extremo.

No Epicentro plantamos árvores pelo sítio todo e a diferença no clima daqui é nítida. É fácil plantar as culturas anuais no meio delas. O pouco de espaço que as árvores ocupam reverte em conforto para todos: nós, o solo, os animais e as plantas, além de produzirem madeira, lenha, alimentos e frutas.

Entre em contato

Marizá Epicentro

Tucano - Bahia - Brasil

Marsha Hanzi

Newsletter

Digite seu e-mail e eu lhe enviarei mais informações

© Copyright Mariza Epicentro 2018. Todos os direitos reservados. - Tucano - Bahia - Brasil

Search